O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

  NOTÍCIAS
 
01/11/2013 - 13:29h
SEMA RS regula criação de espécies invasoras, na lista inclusive a pomba doméstica.

O titular da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Neio Lúcio Fraga Pereira, assina nesta quinta-feira (31), Portaria(Portaria 79 de 31/10/2013) que reconhece a lista das espécies exóticas invasoras no Rio Grande do Sul. Essa listagem, fundamental para a preservação da biodiversidade (fauna e flora) gaúcha foi elaborada por meio do projeto RS Biodiversidade, programa transversal que também é executado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Fundação Zoobotânica (FZB) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), além de outros parceiros.

"As invasões biológicas são a segunda causa de perda de biodiversidade no mundo, daí a necessidade de contarmos com um levantamento preciso sobre essas espécies", sintetiza a engenheira florestal Sílvia Ziller, coordenadora do estudo e consultora do RS Biodiversidade. Na ocasião, Sílvia ministrará uma palestra sobre o tema, de forma simultânea ao Projeto de Extensão “Encontros Técnicos Fepam/Uergs: Ambiente, Estado e Sociedade”, a ser realizado no auditório da Sema (Av. Borges de Medeiros, 261), das 9h30 às 12h.

Para chegar à listagem, o RS Biodiversidade promoveu amplo trabalho junto a diversos especialistas, muitos deles ligados à Fepam, FZB, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO) e universidades. A atividade desse grupo levou em consideração outros estudos e promoveu consultas a pesquisadores envolvidos com o tema.

Exóticas invasoras 

De acordo com a Convenção da Diversidade Biológica, aprovada pelo Decreto Legislativo nº 02 de 03/02/1994 e promulgada pelo Decreto nº 2.519 de 16/03/1998, são consideradas espécies exóticas invasoras aquelas cuja introdução ou dispersão ameaçam ecossistemas, ambientes ou outras espécies.

Ameaças

Entre os animais considerados como ameaças à biodiversidade do Rio Grande do Sul, estão o mexilhão dourado (Limnoperna fortunei), o javali (Sus scrofa) e a rã touro (Lithobates catesbeianus). Uva do Japão (Hovenia dulcis), ligustro (Ligustrum lucidum) e capim annoni (Eragrostis plana) são alguns exemplos de plantas exóticas invasoras.

Estratégico

O RS Biodiversidade é um dos projetos estratégicos do Governo do Estado e incentiva a produção sustentável no meio rural, em especial na agricultura familiar. Coordenado pela Sema, o projeto é executado em parceria com a FZB, Fepam e Emater.

Fonte: SEMA
Portaria completa em: http://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=261368


< voltar

 
 
FEGAPAN - Federação Gaúcha dos Criadores de Pássaros Nativos Brasileiros
Fone: (51) 3471-4054 - CNPJ: 18.440.275/0001-01
RUa Arnaldo Schuler, 380 - Vila Marcia
CEP: 94930-100 - Cachoeirinha/RS

www.fegapan.com.br - 2020 - Desenvolvimento: